Dicas

O envelhecimento: mudanças físicas e cognitivas


Durante o processo de envelhecimento nota-se um declínio gradual no funcionamento de todos os sistemas do corpo. No entanto a maioria das pessoas idosas mantém as suas capacidades cognitivas e físicas num grau notável. Estas alterações não ocorrem ao mesmo tempo em todos os sistemas nem na mesma proporção. Em geral, o envelhecimento de uma pessoa corresponde ao envelhecimento de suas células, que parecem ter um tempo de vida geneticamente determinado. Com o aumento da idade ocorrem mudanças estruturais nas células e também ocorrem mudanças no DNA e no RNA. Não existe uma única causa para o envelhecimento, sendo que todas as áreas do corpo são afetadas. Muitas alterações da velhice apresentam determinação genética.

É comum a idade avançada estar associada ao declínio da capacidade intelectual, da capacidade de aprendizagem e o desempenho da memória. Indivíduos idosos tendem a ter rugas, algumas manchas na pele, mudança da cor do cabelo para cinza ou branco, diminuição da capacidade visual e auditiva, diminuição dos reflexos, perda de habilidades e funções neurológicas diminuídas, como raciocínio e memória, e podem desenvolver doenças como a incontinência urinária e o Alzheimer.

Alguns aspectos do desempenho são mais sensíveis do que os outros aos efeitos da idade e, nas situações em que o desempenho é pior nas pessoas idosas, poderão existir outras razões sem ser a falta da capacidade cognitiva.

Fonte: Velhice é um tema interessante…


Compartilhe:

2021 © Portal Idoso - Todos os direitos reservados

Desenvolvimento: Otmiza Agência Digital